DarkSide Books

Os Goonies | Classic Edition

Ao buscar um tema para seu primeiro filme autoral, J.J. Abrams – que não vive sem referências – voltou à sua adolescência, quando, como muitos outros moleques dos anos 1980, foi saudado por uma safra de filmes que finalmente contemplava sua própria geração. Super 8 (2011) saúda tanto E.T. (1982), de Steven Spielberg, quanto Os Goonies (1985), de Richard Donner. Os três filmes celebram a rotina de uma turma de adolescentes na década de 80 (sim, Super 8 é um filme de época) e contam como nem mesmo incidentes extraordinários pode abalar a amizade de uma galera.

Antes dos anos 1980, os filmes falavam de crimes, romances, aventuras e dramas – mas todos do ponto de vista adulto. E os adultos não entendiam a nova década, do walkman, do videogame, do computador e do videocassete. Era o início da revolução digital – aquela que hoje é plena – e qualquer turma de moleques sabia que os adultos não tinham a menor ideia do que estava acontecendo. A minha turma, em Brasília, sabia. Outras turmas pelo mundo também. Não é à toa que estes filmes encontraram eco justamente em uma audiência que parecia seus protagonistas...

NEVER SAY DIE!

AMAZON SUBMARINO AMERICANAS
CIADOSLIVROS MARTINS FONTES TRAVESSA

Mas se Super 8 e E.T. lidam com a ligação de um dos protagonistas com um alienígena, Os Goonies é uma aventura coletiva. E mesmo que sua adaptação para o livro seja narrada em primeira pessoa – do ponto de vista de Mikey Walsh, o personagem asmático vivido pelo ator Sean Astin –, sua história conta como personalidades tão diferentes quanto Bocão, Gordo, Dado, Brand e as meninas Andy e Stef podem conviver e se gostar, independentemente de sexo, raça ou idade. Baseado no roteiro original de Chris Columbus, o livro de James Kahn aprofunda ainda mais estas relações ao explorar melhor cada um dos personagens – inclusive os vilões Fratelli e seu filho-monstro Sloth – sem perder o ritmo de toboágua que dá o tom do filme.

Alexandre Matias

“Os Goonies é, na verdade, um filme sobre a amizade, sobre manter-se unido. O sonho de toda criança é poder estar no controle de seu próprio destino, ainda que apenas por um sábado à tarde. Não seria incrível nunca perdermos esse sonho? A verdadeira magia dessa história está sobretudo naquilo que eles se tornam uns para os outros, de uma maneira muito especial.” – Steven Spielberg –

Autor
Tradutor
Descrição
James Kahn nasceu em Chicago (EUA) em 1947, é médico e escritor. Realizou diversas novelizações de filmes como Os Goonies, Indiana Jones e o Templo da Perdição, Poltergeist e Star Wars. Para a televisão, colaborou em séries como Plantão Médico, Star Trek: Nova Geração, Xena e Melrose Place, série que também produziu.
Cecilia Giannetti nasceu no Rio de Janeiro em 1978, é escritora e roteirista. Foi colunista da Folha de S. Paulo entre 2007 e 2010, e hoje tem coluna diária no Jornal Destak. Autora do romance Lugares que não conheço, pessoas que nunca vi (Ediouro/Agir, 2007), finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2008 e coautora de Afinal o que querem as mulheres?, (TV Globo, Núcleo Luiz Fernando Carvalho, 2010).
Especificações do livro | Encadernação: brochura - formato: 14x21cm - Número de páginas: 240 - ISBN: 9788566636093 - Autor: James Kahn - Tradução: Cecilia Giannetti - Editora: DarkSide® - Idioma: português - Gênero: aventura/ação

QUEM LEU SOBRE ESTE LIVRO, LEU TAMBÉM:

  • Os Goonies | Special Edition
  • O Massacre da Serra Elétrica [Arquivos Sangrentos] Classic Edition
  • Evil Dead – A Morte do Demônio [Arquivos Mortos] Classic Edition
  • O Massacre da Serra Elétrica [Arquivos Sangrentos] Limited Edition




A cada página de um livro, a cada fase de um jogo, a cada calafrio, estaremos apostando sempre no escuro, no mágico, no inusitado e no novo. Go play! - O terror, a fantasia, o suspense, o mágico. A Editora DarkSide® apresenta o que há de mais interessante e instigante no universo sombrio da literatura, de ontem e de hoje. Todos os direitos reservados© DarkSide® Entretenimento Ltda. www.darksidebooks.com. Oh My gore! Keep Walking Dead. Estranhamente o medo nos cativa.