DarkSide Books

Somos o que Somos

Estreia da DarkSide nos cinemas

Longa de Jim Mickle marca a estreia da editora DarkSide® na sétima arte

Reconhecida no mercado editorial pelo catálogo que reúne clássicos e novos livros do universo do terror e da fantasia, editados com rigor e esmero gráfico, a DarkSide® começa agora a apresentar com o mesmo cuidado obras da sétima arte. Pela primeira vez, uma editora vai muito além do livro. E para comemorar o seu primeiro ano de vida traz paras os fãs um dos melhores filmes do gênero lançados em 2013.
Em parceria com a Esfera Filmes, o lançamento de Somos o que Somos marca a estreia do braço cinematográfico da DarkSide® Entretenimento, previsto para 13 de dezembro de 2013 no Rio de Janeiro e São Paulo, e nas principais capitais do país nas semanas seguintes.
Antes, em outubro, Somos o que Somos será exibido na 37a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, no dia 26.10, às 23h55, no Cine Livraria Cultura 1 (Conjunto Nacional, Av. Paulista, 2073, Bela Vista - São Paulo. Tel. 11.3285-3696).

“Se o diretor Jim Mickle tem uma assinatura característica, é a de abordar o terror e o hediondo com o ritmo melancólico dos melhores faroestes. Seu tom sugere uma empatia profunda pelos personagens perturbados.” The New York Times, Jeannette Catsoulis

Sinopse

Somos o que Somos
[We Are What We Are, EUA, 2013]

Direção: Jim Mickle. Elenco: Ambyr Childers, Julia Garner, Bill Sage, Michael Parks, Kelly McGillis.
Duração: 100 min. Classificação: verifique a classificação indicativa.

Em sua pequena cidade, os Parker são conhecidos por sua discrição e reclusão. Dentro de casa, o pai Frank cria a família com extrema severidade. Depois da morte brutal e inesperada da mãe, as irmãs adolescentes Iris e Rose precisam cuidar do irmão mais novo, Rory. Logo, porém, elas vão carregar um peso ainda maior, conforme se deparam com novas responsabilidades. Sob o comando do pai, precisam levar adiante e a todo custo uma tradição ancestral.

Palavras do diretor Jim Mickle

Somos o que Somos apresenta uma história sofisticada e discreta, que leva o terror para outro patamar, assim como O Silêncio dos Inocentes fez no início dos anos 1990. Dirigido por Jim Mickle, do premiado thriller vampiresco Stake Land – Anoitecer Violento (2011) e de Mulberry Street – Infecção em Nova York (2006), o filme é inspirado em Somos lo que Hay, do mexicano Jorge Michel Grau.

“Você não pode refilmar um filme, apenas reinventá-lo. E quando eles nos disseram ‘Podem partir do zero’, então eu me interessei. Não queria simplesmente refilmar o trabalho de Jorge, muito bem-feito e conduzido, mas fazer uma espécie de complemento”, afirma Mickle, que desenvolveu o roteiro com Nick Damici, parceiro do direitor em outros projetos.

O original se passa na Cidade do México e é um filme bem urbano, com enfoque nas favelas da cidade. “É o pai que desaparece e então os filhos que devem substituí-lo como o homem da casa, o que imagino que tenha muito a ver com o papel masculino e a cultural patriarcal mexicana. O que é muito pessoal para Jorge, já que é o seu primeiro filme”, acrescenta Mickle.

Para a sua versão da história, Mickle focou nos personagens, ao invés da cidade, e naquilo que conduziria o comportamento deles. “Gostamos de personagens dramáticos que nos façam ser capazes de sentir por essas pessoas. Então nos perguntávamos o tempo inteiro ‘Bem, o que na verdade os conduziria para fazer isto?’ Mas não de uma maneira que seria tão extrema a ponto de afastá-los da ideia inicial”, continua o diretor.

A resposta estava na religião. “As pessoas frequentemente tem uma incrível fé cega que os impele a fazer coisas simplesmente porque elas já foram feitas antes, sem mesmo refletir de verdade sobre isso”, diz Mickle. “Era um caminho interessante a ser explorado: Como alguém poderia convencê-lo a fazer algo tão horrendo? Mas se você cresce com isso e é a única coisa que já conheceu, com as pessoas em que confia lhe dizendo que é assim mesmo, não seria isso muito mais insano que qualquer religião? Então foi divertido partir daquela ideia e expandi-la, mas tentando mantê-la tão realística quanto possível”, conclui o diretor.

DarkSide® Books

Histórias clássicas. Novidades fora do lugar comum. Edições luxuosas. Capas diferenciadas. Traduções cuidadosas. Na DarkSide®, nós fazemos livros assim porque queremos ler livros assim. De fã para fã, esse é o segredo. Se é que podemos chamar de segredo uma filosofia compartilhada por mais de 100 mil seguidores.
Com muito amor por grandes histórias e um padrão quase psicopata de qualidade, nós temos muito orgulho do nosso catálogo. Neste primeiro ano da DarkSide®, publicamos romances como Os Goonies, Psicose, O Circo Mecânico Tresaulti, Prince of Thorns, as biografias de J.R.R. Tolkien, Stephen King e do Black Sabbath, a Coleção Dissecando, sobre clássicos do terror como O Massacre da Serra Elétrica e Evil Dead – A Morte do Demônio, além de Serial Killers – Anatomia do Mal.





A cada página de um livro, a cada fase de um jogo, a cada calafrio, estaremos apostando sempre no escuro, no mágico, no inusitado e no novo. Go play! - O terror, a fantasia, o suspense, o mágico. A Editora DarkSide® apresenta o que há de mais interessante e instigante no universo sombrio da literatura, de ontem e de hoje. Todos os direitos reservados© DarkSide® Entretenimento Ltda. www.darksidebooks.com. Oh My gore! Keep Walking Dead. Estranhamente o medo nos cativa.