FRETE GRÁTIS A PARTIR DE R$ 149

1903: Orwell + Brinde Exclusivo

1903: Orwell + Brinde Exclusivo

Por: R$ 84,90

Preço a vista: R$ 84,90

Comprar
> book preview
> book trailer
ANO DE PUBLICAÇÃO:
ISBN:
978-85-66636-69-7

“HAROLD SCHECHTER SOU EU NO ESPELHO”

ILANA CASOY, ESPECIALISTA EM SERIAL KILLERS NO BRASIL

Gênero
Não-Ficção
Páginas
400
Idioma
Português
Formato
14x21cm
Peso
280g
Acabamento
Capa Dura
Corte
Colorido

ENTRE NA MENTE DOS PSICOPATAS -

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein.

SOBRE O AUTOR +

PERGUNTE E VEJA OPINIÕES DE QUEM JÁ COMPROU

cadastre-se

entre para a família

FIQUE POR DENTRO E RECEBA NOVIDADES, PROMOÇÕES, KITS EXCLUSIVOS EM PRIMEIRA MÃO.

Filtros

Filtrar PorLançamentos, Não Ficção

Especificações de Produto

SubtítuloEdição definitiva com 5 marcadores exclusivos
Edição
Publicação2022
TradutorAline Zouvi
AutorPierre Christin
ISBN9786555981612
Frase de ImpactoChristin e Verdier realizaram um feito raro. Eles pegaram um dos escritores mais fluidos da língua inglesa e deixaram seu cânone e sua história de vida ainda mais acessíveis.
Autor FraseTHE ORWELL SOCIETY
Título DescriçãoA vida e obra em quadrinhos de um dos maiores autores do século XX
Sobre o Autor

Pierre Christin nasceu em 1938 em Paris. Estudou na Sorbonne e nas Sciences Po Paris. Na década de 1960, começou a trabalhar como pianista de jazz e com jornalismo, tradução e escrita. Em 1967, assinou, com Jean-Claude Mézières, a primeira aventura de Valerian, inspiração para vários autores e diretores, incluindo George Lucas e Luc Besson. Christin trabalhou em parceria com vários mestres dos quadrinhos, entre os quais Enki Bilal, Jacques Tardi, François Boucq, Jean Vern, Annie Goetzinger e André Juillard. Em 2019, foi consagrado no Festival de Angoulême com o Prêmio Goscinny por seu álbum autobiográfico Est/Ouest, ilustrado por Philippe Aymond, bem como pelo conjunto da sua obra.

Sébastien Verdier nasceu em Corrèze, França, em 1972. Quando criança, foi um leitor compulsivo de Tintin, Astérix e Lucky Luke, mas especialmente atraído por romances. A paixão pelos quadrinhos veio depois, quando, acamado por uma gripe forte, devorou todos os exemplares de Blueberry. Em 2004 assina, com François Corteggiani, o seu primeiro álbum, Ultimate Agency, e desde então tem seguido uma carreira prolífica em parceria com vários roteiristas. Com Pierre Christin, produziu uma série de histórias curtas chamadas Images/Mirages, depois Rencontre sur la transsaharienne (2014) e 1903: Orwell (2019). Em 2021, ilustrou 1984, de George Orwell especialmente para a edição da DarkSide® Books.

Detalhes do Produto

GêneroNão Ficção
Páginas160
IdiomaPortuguês
Formato21,2 x 27,6
Peso400
AcabamentoCapa Dura
CorteSem Pintura

Review 1

Review Descrição 1“O traço limpo e sóbrio de Verdier é irrepreensível. Desde o grande detalhe e o realismo dos cenários, ao uso do preto nas sombras e contrastes.”
Review Autor 1Central Comics

Embora o inglês George Orwell seja conhecido sobretudo por ter escrito dois clássicos da literatura, 1984 e A Revolução dos Bichos, a história de sua vida também é digna de uma grande narrativa. É essa a proposta de 1903: Orwell, biografia em quadrinhos roteirizada por Pierre Christin e desenhada por Sébastien Verdier, artista que também ilustra a edição de 1984 da DarkSide® Books.


George Orwell nasceu em Motihari, na Índia, no ano de 1903, como Eric Arthur Blair, mas ainda bebê mudou-se com a mãe para o interior da Inglaterra. No começo da juventude, estudou no prestigioso Eton College, colégio de elite onde foi aluno de Aldous Huxley. Mais tarde, viveu em vários países, e de formas diversas. Foi policial na Birmânia, cozinheiro em Paris, mendigo em Londres, acompanhou operários das minas de carvão em Wigan Pier, no norte da Inglaterra, e adotou o pseudônimo George Orwell para assinar as obras inspiradas em sua experiência de vida singular.


Durante a Guerra Civil Espanhola, entrou no campo de batalha contra os fascistas na Catalunha e quase morreu após levar um tiro na garganta; durante a Segunda Guerra Mundial, não conseguiu se alistar como soldado, e permaneceu em Londres, onde presenciou diversos bombardeios perpetrados pelos nazistas; sofreu terrivelmente com os sintomas da tuberculose. Enquanto fazia isso tudo, escreveu inúmeros ensaios, artigos, cartas, memórias, e obras ficcionais, que, em conjunto, compõem uma crítica feroz da sociedade de sua época e definem toda uma mentalidade política.


Para dar conta de narrar em quadrinhos uma história tão rica e complexa, o roteirista Pierre Christin e o artista visual Sébastien Verdier se munem de uma gigantesca pesquisa histórica e literária a respeito da obra do biografado. Assim, eles mergulharam em cartas, ensaios, diários, artigos, notícias, relatos históricos, fotografias, filmes, e principalmente na obra orwelliana, para reconstituírem não apenas os fatos mais conhecidos de sua vida e época, como também detalhes mais intimistas que o aproximam de qualquer um de nós.


Em 1903: Orwell, além dos grandes feitos do autor, descobrimos também sua afinidade pela jardinagem, seu apreço pelos pubs, a adoção do filho e as condições em que escreveu alguns de seus livros. Vários desses momentos são recheados por citações do próprio biografado, como afirma Christin no posfácio: “Por não querer parafrasear o texto de Orwell, eu o incluí sob a forma de texto datilografado sempre que possível”.


A obra conta também com ilustrações de convidados de peso: Juanjo Guarnido, Enki Bilal, Manu Larcenet, Blutch e André Juillard. Esse retrato íntimo e definitivo de um dos maiores escritores de todos os tempos é o complemento perfeito para amplificar a experiência de leitura do clássico 1984, que também está sendo lançado em uma edição primorosa com os olhos atentos da DarkSide® Books.

Ilustrador: Sébastien Verdier