FRETE GRÁTIS A PARTIR DE R$ 149

Medicina Macabra 2 + Brinde Exclusivo

Medicina Macabra 2 + Brinde Exclusivo

Por: R$ 74,90

Preço a vista: R$ 74,90

Comprar
> book preview
> book trailer
MARCA:
ANO DE PUBLICAÇÃO:
ISBN:
978-85-66636-69-7

“HAROLD SCHECHTER SOU EU NO ESPELHO”

ILANA CASOY, ESPECIALISTA EM SERIAL KILLERS NO BRASIL

Gênero
Não-Ficção
Páginas
400
Idioma
Português
Formato
14x21cm
Peso
280g
Acabamento
Capa Dura
Corte
Colorido

ENTRE NA MENTE DOS PSICOPATAS -

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein.

SOBRE O AUTOR +

PERGUNTE E VEJA OPINIÕES DE QUEM JÁ COMPROU

cadastre-se

entre para a família

FIQUE POR DENTRO E RECEBA NOVIDADES, PROMOÇÕES, KITS EXCLUSIVOS EM PRIMEIRA MÃO.

Filtros

Filtrar PorLançamentos

Especificações de Produto

SubtítuloEdição fascinante com marcador exclusivo
Edição
Publicação2021
TradutorCarlos Norcia
AutorLydia Kang e Nate Pedersen
ISBN9786555981063
Frase de ImpactoUm mergulho emocionante no desejo humano de viver, de prosperar e no incrível poder da crença. Encantador e deliciosamente perturbador, a obra compartilha casos médicos fascinantes de todos os tempos, incluindo os atuais.
Autor FraseDylan Thuras, Coautor De Atlas Obscura
Título DescriçãoAbsurdos médicos & curas bizarras
Sobre o AutorLydia Kang é médica e autora de livros de não ficção e ficção. Seus romances ya incluem Control, Catalyst e The November Girl. Sua estreia na ficção adulta foi com A Beautiful Poison. Colabora com publicações especializadas como jama, Annals of Internal Medicine e Journal of General Internal Medicine. Saiba mais em lydiakang.com.

Nate Pedersen é bibliotecário, historiador e jornalista, com mais de quatrocentos textos publicados em veículos como Guardian, Believer, San Francisco Chronicle e Art of Manliness. Organizou as antologias lovecraftianas The Starry Wisdom Library: The Catalogue of the Greatest Occult Book Auction of All Time e Sisterhood: Dark Tales and Secret Histories. Saiba mais em natepedersen.com.

Detalhes do Produto

GêneroNão Ficção
Páginas416
IdiomaPortuguês
Formato16 x 23
Peso700
AcabamentoCapa Dura
CorteColorido

Review 1

Review Descrição 1“Um olhar perspicaz sobre a arrogância humana na história
de possíveis curas para todas as nossas doenças.”
Review Autor 1NPR’S Science Friday

Review 2

Review Descrição 2“Medicina Macabra 2 educa e diverte de maneira brilhante por meio dos erros de médicos e cientistas do passado. Uma leitura divertida que causa impacto e muda a maneira como vemos as alegações de que produtos que consumimos hoje em dia sejam saudáveis.”
Review Autor 2David B. Agus
Review Ocupação Autor 2Autor De The End Of Illness E Professor De Medicina E Engenharia Na University Of Southern California
Para muitos de nós, estar saudável não é o bastante. Queremos mais — juventude eterna, beleza perfeita, ou ainda o vigor de Zeus. Além disso, por vezes ficamos tão desesperados para encontrar uma cura, que acabamos acreditando em qualquer coisa. O desejo de curar e o impulso de viver por mais tempo é tão viciante quanto o consumo de ópio. Os cientistas seguem competindo entre si para criar remédios mais eficientes e potentes.

No espaço aberto pelos nossos desejos, o charlatão prospera. É nesse ponto que começamos a acreditar que biscoitos de arsênico farão com que a nossa pele fique com uma aparência saudável e macia, ou que poções secretas, douradas como o ouro, irão consertar nossos corações partidos.

No entanto, por trás de todos os tratamentos equivocados — desde os otomanos que ingeriam barro para não se infectarem com a peste, passando pelos nobres vitorianos que se sentavam em saunas de vapor de mercúrio para tratarem a sífilis, até os antigos romanos portadores de epilepsia que bebiam sangue de gladiadores — se esconde uma força imensurável, que nasce do desejo humano de viver. O potencial de tal ímpeto é aterrador: ao longo da história, homens e mulheres estiveram dispostos a consumir cadáveres, a sofrer queimaduras de óleo fervente, ou a se submeterem a tratamentos experimentais que utilizavam um exagero de sanguessugas, tudo em nome da sobrevivência.

Medicina Macabra 2, de Lydia Kang e Nate Pedersen, propõe-se a investigar o que movem os trapaceiros, charlatões, embusteiros, vigaristas e impostores. Aquelas pessoas que se aproveitam do nosso medo da morte, ou da existência de doenças, a fim de vender produtos que não só não funcionam, como podem até mesmo ser perigosos ou fatais. Se soa extremamente familiar e contemporâneo — ao relacionarmos com a tentativa de receitar remédios para verme e piolho que prometem um suposto tratamento precoce contra um vírus —, é importante ressaltar que a charlatanice não é fruto apenas da decisão de enganar os outros, como no caso dos exemplos acima, mas também pode ser fruto da ignorância, da superstição, e da manipulação.

Ainda que o termo geralmente signifique a prática ou a divulgação de tratamentos médicos intencionalmente fraudulentos, também são charlatões aqueles que promovem desinformações nas quais eles mesmos acreditam. Tais impostores podem ignorar, ou até mesmo questionar os fatos científicos; muitos deles viveram séculos atrás, antes do método científico ser abraçado pelo senso comum da civilização. Os tratamentos propostos por eles, quando vistos sob o prisma moderno, parecem completos absurdos. Que tal usar testículos de furão como contraceptivo? Ou tentar curar anemia com sangria? Nenhum de nós é totalmente imune ao ensejo de procurar por soluções rápidas. Cem anos atrás, talvez estivéssemos mais predispostos a comprar um tônico de estricnina.

Olhando para trás com fascínio, horror e um pouco de humor, Medicina Macabra 2 relata a história viva, por vezes inacreditável, de erros médicos e práticas médicas incorretas. A obra aborda dezenas de “tratamentos” hoje considerados bizarros concebidos por médicos e cientistas, espiritualistas e comerciantes que se baseavam em inúmeras fraudes sem noção. Repleto de ilustrações, fotografias e anúncios de época, a obra combina perfeitamente o humor macabro com a ciência e acaba por revelar uma faceta tão importante quanto perturbadora da medicina, que segue em constante evolução.

Medicina Macabra 2 nos leva a importante constatação de que, mesmo com todas as descobertas científicas e o avanço na compreensão do funcionamento do corpo humano, os braços da charlatanice continuam a alcançar quase todas as áreas das indústrias de saúde e cosmética. Uma leitura intrigante, especialmente nestes tempos pandêmicos, que somente reforça a ideia de que uma doença para qual nunca teremos a cura é a ignorância.