O Massacre da serra elétrica - Classic Edition

O Massacre da serra elétrica - Classic Edition

Por: R$ 49,90

Preço a vista: R$ 49,90

5% de Descontono boleto
Comprar

+ infos
> book preview
> book trailer
MARCA:
ISBN:
978-85-66636-69-7

“HAROLD SCHECHTER SOU EU NO ESPELHO”

ILANA CASOY, ESPECIALISTA EM SERIAL KILLERS NO BRASIL

Gênero
Não-Ficção
Páginas
400
Idioma
Português
Formato
14x21cm
Peso
280g
Acabamento
Capa Dura
Corte
Colorido

ENTRE NA MENTE DOS PSICOPATAS -

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein.

SOBRE O AUTOR +

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein, o psicopata americano que inspirou os mais célebres maníacos do cinema, como Norman Bates (Psicose, de Alfred Hitchcok), Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica, de Tobe Hooper) e Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme). Como explicar a compulsão por matar e o prazer de causar dor, sem qualquer arrependimento? De onde vem tanta fúria? As respostas estão no livro da editora DarkSide® Books: SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL, dossiê definitivo sobre o universo sombrio dos psicopatas mais perversos da história. Escrito por Harold Schechter – que pesquisa o tema há mais de três décadas e já publicou, inclusive, a biografia de Ed Gein, Deviant (1998) -, o livro é referência fundamental a todos os que se interessam pelo universo da investigação e da criminologia. Pontuado por curiosidades macabras, dados científicos e fatos pouco conhecidos sobre a trajetória dos principais criminosos em série dos Estados Unidos, SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL abrange desde a criação do termo serial killer no início do Século XX (conforme exibido na série MINDHUNTER, da Netflix) até o fascínio exercido por matadores seriais na cultura pop (cinema, música e literatura). Com clareza, ritmo e muita informação, Harold Schechter traça perfis psicológicos impressionantes de criminosos que desafiaram a polícia, viraram notícia e continuam a nos assombrar nas telas da TV e do cinema. Além de Ed Gein, a galeria de personagens sinistros inclui o cannibal Jeffrey Dahmer, que chegou a matar e devorar uma pessoa por semana no verão de 1991; a ex-prostituta Aillen Wuornos (inspiração para o filme Monster), que, depois de confessar seis assassinatos, pediu para ser condenada à morte para interromper a matança; o assassino Zodíaco (cuja verdadeira identidade é desconhecida até hoje); Charles Manson, o lunático que comandou o assassinato da atriz Sharon Tate em um ritual macabro; e Green River Killer, principal assassino de prostitutas da história, só capturado pela polícia com a ajuda de outro serial killer. Em SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL você vai descobrir como eles matam e por que matam. Por prazer, dor, amor ou desespero. Por conta de famílias disfuncionais e infâncias perturbadoras. Em nome do demônio ou para o jantar… Histórias reais, assassinos reais, de uma maneira que você nunca viu, estudados com profundidade, rigor científico e conhecimento psicológico. Um livro fundamental para quem se apaixonou por MINDHUNTER, CSI, Dexter, Criminal Minds e para quem acompanha o canal Discovery Investigation e quer entender o que se passa na mente dos assassinos mais temidos e cruéis de todos os tempos. Sem dúvida, oriundos de um sociedade que precisa repensar urgentemente como cicatrizar essas feridas abertas.

A linha editorial que ama a nona arte.

CADASTRE-SE.
ENTRE PARA A FAMÍLIA

FIQUE POR DENTRO E RECEBA NOVIDADES, PROMOÇÕES, KITS EXCLUSIVOS EM PRIMEIRA MÃO.

Especificações de Produto

Publicação2013
Edição
SubtítuloLIGUE A SERRA ELÉTRICA
AutorJAWORZYN, STEFAN
ISBN9788566636031
Frase de ImpactoE eu pensava que seria apenas mais um filme de horror de baixo orçamento... Bem, eu estava errado.
Autor FraseGunnar Hansen, o Leatherface no filme original
Título DescriçãoLIGUE A SERRA ELÉTRICA
Sobre o AutorStefan Jaworzyn editou o fanzine de horror Shock Xpress (1985-1990), que deu origem à série de livros homônimos. O inglês também é fundador do festival de filmes de horror Shock Around the Clock e guitarrista, tendo participado da banda de rock Skullkflower, da banda de jazz Ascension, além do projeto paralelo Descension. Jaworzyn criou também sua própria gravadora, a Shock Records (1989-1996), que retomou os seus trabalhos em 2013.

Detalhes do Produto

Peso438
Páginas320
Formato16x23
AcabamentoBrochura
GêneroNão Ficção
IdiomaPortuguês
CorteSem pintura

Review 1

Review Autor 1Entertainment Weekly
Review Descrição 1Um dos mais assustadores filmes de todos os tempos.

Review 2

Review Descrição 2Ainda o melhor filme de todos os tempos quando se trata do medo puro e simples.
Review Autor 2Stephen King

Vídeo e BookPreview

Book Preview
Do mesmo diretor de clássicos do cinema de terror, como Poltergeist (1982, parceria com Steven Spielberg), e de Pague para Entrar, Reze para Sair (The Funhouse, 1981), o cultuado O Massacre da Serra Elétrica marcou o inconsciente coletivo com seu serial killer mascarado. Em 1974, o filme de horror de baixo orçamento e sem estrelas causou pânico entre os censores, ao mesmo tempo em que arrancou dos fãs as mais diversas manifestações de júbilo e alegria, e continua ainda hoje tão poderoso e impactante quanto quando lançado, 30 anos atrás. Prova disso é o remake 3D lançado neste começo de 2013.

Agora, com O Massacre da Serra Elétrica [Arquivos Sangrentos], que inaugura a Coleção Dissecando – Filmes Clássicos de Terror, sobre os filmes clássicos do terror, da Darkside®, você vai conhecer tudo sobre esta obra incomparável do medo, escrito por alguém que é fã do assunto. O livro do músico e escritor Stefan Jaworzyn reúne histórias dos bastidores dos filmes da série, perfis do diretor e do psicopata que inspirou o longa, críticas da época, além dos relatórios que recomendavam a censura do filme, tudo amplamente ilustrado com fotografias raras e inéditas da filmagem e os cartazes que a obra ganhou mundo afora.

O filme é inspirado no psicopata Ed Gein – que exumava cadáveres de cemitérios, produzindo com eles relíquias para a sua coleção particular de memorabilia –, e num crime que havia acontecido um ano antes no Texas e chocado a sociedade norte-americana. Gein foi a principal referência para Gunnar Hansen, o ator responsável pela seminal interpretação de Leatherface, que inclusive gerou especulações de que algumas das cenas do filme seriam reais.

O Massacre da Serra Elétrica acabou por se tornar um do mais importantes e controversos filmes de terror da história do cinema, influenciando praticamente todo grande filme do gênero feito após dele. A obra dirigida por Tobe Hooper chamou a atenção e ganhou o respeito dos fãs do gênero por abordar a história de maneira realista, quase documental, o que confundiu e assustou autoridades e censores mundo afora, que proibiram a obra por muitos anos de ser exibida em dezenas de países, o que só ajudou a despertar a curiosidade do público. O enredo é simples e conhecido: jovens em seu furgão pelas estradas do Meio-Oeste norte-americano param em uma fazenda a procura de ajuda. Começa então uma caçada aterrorizante, repleta de suspense e horror, que vai culminar com o massacre do título.

[Arquivos Sangrentos]

Baseado em novas e completas entrevistas com mais de 20 pessoas do elenco e da equipe de produção, O Massacre da Serra Elétrica [Arquivos Sangrentos] integra a Coleção Dissecando, da DarkSide®, e apresenta pela primeira vez o making of e a história completa da série, revelando seus bastidores e inclui um prefácio do próprio Leatherface (Gunnar Hansen); fotografias raras e inéditas das produções; cobertura aprofundada das cinco sequências que o filme teve até hoje, e muito mais.

Aumente o volume de sua serra elétrica e disseque este clássico que já foi definido como “A degradação absoluta da imaginação artística” e ajudou a formar muitos diretores da nova geração!

A Coleção Dissecando – Filmes Clássicos de Terror vai apresentar os bastidores de algumas das principais obras do gênero, ressaltando um importante ponto em comum entre todas elas: a amizade en- tre jovens apaixonados por cinema e muito sangue, que os leva a criar sem muito dinheiro e condições, e com bastante improviso, os filmes que queriam fazer, as histórias que queriam contar. Uma verdadeira aula de como você também pode fazer isso, basta ter os amigos certos, uma boa ideia e muita atitude.

Similares