O Médico e o Monstro e Outros Experimentos-DRK.X

O Médico e o Monstro e Outros Experimentos-DRK.X

Por: R$ 64,90

Preço a vista: R$ 64,90

5% de Descontono boleto
Comprar
+ infos
> book preview
> book trailer
ANO DE PUBLICAÇÃO:
ISBN:
978-85-66636-69-7

“HAROLD SCHECHTER SOU EU NO ESPELHO”

ILANA CASOY, ESPECIALISTA EM SERIAL KILLERS NO BRASIL

Gênero
Não-Ficção
Páginas
400
Idioma
Português
Formato
14x21cm
Peso
280g
Acabamento
Capa Dura
Corte
Colorido

ENTRE NA MENTE DOS PSICOPATAS -

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein.

SOBRE O AUTOR +

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein, o psicopata americano que inspirou os mais célebres maníacos do cinema, como Norman Bates (Psicose, de Alfred Hitchcok), Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica, de Tobe Hooper) e Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme). Como explicar a compulsão por matar e o prazer de causar dor, sem qualquer arrependimento? De onde vem tanta fúria? As respostas estão no livro da editora DarkSide® Books: SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL, dossiê definitivo sobre o universo sombrio dos psicopatas mais perversos da história. Escrito por Harold Schechter – que pesquisa o tema há mais de três décadas e já publicou, inclusive, a biografia de Ed Gein, Deviant (1998) -, o livro é referência fundamental a todos os que se interessam pelo universo da investigação e da criminologia. Pontuado por curiosidades macabras, dados científicos e fatos pouco conhecidos sobre a trajetória dos principais criminosos em série dos Estados Unidos, SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL abrange desde a criação do termo serial killer no início do Século XX (conforme exibido na série MINDHUNTER, da Netflix) até o fascínio exercido por matadores seriais na cultura pop (cinema, música e literatura). Com clareza, ritmo e muita informação, Harold Schechter traça perfis psicológicos impressionantes de criminosos que desafiaram a polícia, viraram notícia e continuam a nos assombrar nas telas da TV e do cinema. Além de Ed Gein, a galeria de personagens sinistros inclui o cannibal Jeffrey Dahmer, que chegou a matar e devorar uma pessoa por semana no verão de 1991; a ex-prostituta Aillen Wuornos (inspiração para o filme Monster), que, depois de confessar seis assassinatos, pediu para ser condenada à morte para interromper a matança; o assassino Zodíaco (cuja verdadeira identidade é desconhecida até hoje); Charles Manson, o lunático que comandou o assassinato da atriz Sharon Tate em um ritual macabro; e Green River Killer, principal assassino de prostitutas da história, só capturado pela polícia com a ajuda de outro serial killer. Em SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL você vai descobrir como eles matam e por que matam. Por prazer, dor, amor ou desespero. Por conta de famílias disfuncionais e infâncias perturbadoras. Em nome do demônio ou para o jantar… Histórias reais, assassinos reais, de uma maneira que você nunca viu, estudados com profundidade, rigor científico e conhecimento psicológico. Um livro fundamental para quem se apaixonou por MINDHUNTER, CSI, Dexter, Criminal Minds e para quem acompanha o canal Discovery Investigation e quer entender o que se passa na mente dos assassinos mais temidos e cruéis de todos os tempos. Sem dúvida, oriundos de um sociedade que precisa repensar urgentemente como cicatrizar essas feridas abertas.

PERGUNTE E VEJA OPINIÕES DE QUEM JÁ COMPROU

A linha editorial que ama a nona arte.

CADASTRE-SE.
ENTRE PARA A FAMÍLIA

FIQUE POR DENTRO E RECEBA NOVIDADES, PROMOÇÕES, KITS EXCLUSIVOS EM PRIMEIRA MÃO.

Filtros

Filtrar PorLançamentos

Especificações de Produto

Pré-venda31/10/2019
SubtítuloEdição assombrada e com pôster exclusivo.
Edição
Publicação2019
AutorRobert Louis Stevenson e Alcimar Frazão
ISBN9788594541710
Frase de ImpactoQue exemplo Stevenson é de aplicação e autodesenvolvimento! Como narrador, não há igual; o mesmo pode ser dito sobre os ensaios.
Autor FraseJACK LONDON
Título DescriçãoUm dos maiores clássicos do terror finalmente chega em casa
Sobre o AutorRobert Louis Stevenson nasceu em Edimburgo, na Escócia, em 1850. Proveniente de tradicional família de construtores de faróis, o escritor seguiu, por sua vez, prolífica carreira literária que legaria romances, novelas, contos, ensaios, poemas, peças teatrais, relatos de viagem, e ao menos dois clássicos da literatura universal: A Ilha do Tesouro e O Médico e o Monstro. Apesar de considerado por muitos como autor infantojuvenil, Stevenson foi celebrado por um heterogêneo rol de escritores, tais como Jorge Luis Borges, Vladimir Nabokov, Virginia Woolf, G.K. Chesterton, Arthur Conan Doyle, Marcel Schwob e Henry James. Até hoje sua obra inspira incontáveis traduções, adaptações, interpretações e homenagens. Debilitado, por conta do clima europeu, em 1887 sai do continente em busca de ares mais amenos, e após alguns meses de viagens, passa por fim a viver nas Ilhas Samoanas, onde permaneceria até o fim da vida e seria conhecido como tusitala, o contador de histórias.

Detalhes do Produto

GêneroFicção
Páginas352
IdiomaPortuguês
Formato16 x 23
Peso600
AcabamentoCapa Dura
CorteColorido

Review 1

Review Descrição 1“Eu gosto de ampulhetas, mapas, tipografia do século XVIII, etimologia, o sabor do café e da prosa de Stevenson.”
Review Autor 1JORGE LUIS BORGES

Review 2

Review Descrição 2“Com O Médico e o Monstro, Stevenson povoou e tirou o sono dos leitores. Ele escreveu a novela num estado de extrema excitação, em três dias. Depois passou para que a mulher lesse. A sra. Stevenson ficou enojada e chegou a queimar o manuscrito, obrigando o marido a refazê-lo. Ele não gastou mais de três dias para colocar o ponto final na versão definitiva.”
Review Autor 2STEPHEN KING
Todos temos um lado pouco conhecido, secreto, por vezes maligno e até monstruoso. Raros, porém, são aqueles que dão vazão a esta faceta. O escocês Robert Louis Stevenson soube retratar, como poucos, este aspecto das personalidades múltiplas em sua novela gótica, O Médico e o Monstro, publicada originalmente em 1886, em Londres. Considerado um dos três maiores clássicos do gênero de horror, ao lado de Frankenstein e Drácula, O Médico e o Monstro inspirou incontáveis traduções, adaptações, interpretações e homenagens ao longo das décadas.

A DarkSide® Books, primeira editora brasileira inteiramente dedicada ao terror e à fantasia, anuncia a peça que faltava para completar a tríade monstruosa e atemporal na coleção Medo Clássico: O Médico e o Monstro & Outros Experimentos é o livro que todo darksider sempre sonhou. Capa dura para proteger o material de elementos químicos destrutivos, tradução cuidadosa de Paulo Raviere para honrar o trabalho de Stevenson, ilustrações impecáves de Alcimar Frazão para explorar as nuances metafóricas dos personagens — e, claro, uma seleção de contos perfeita para quem quer conhecer ou revisitar o talento inigualável de Stevenson.

Além da curiosa história do advogado Gabriel John Utterson preocupado com o comportamento estranho do seu amigo Dr. Henry Jekyll, outros “experimentos” de Stevenson que flertam com o terror e o sobrenatural estão presentes neste volume. É o caso dos contos “Markheim”, “O Apanhador de Corpos”, “Olalla” e “Janet, a Entortada”), sem falar nos contos de mistério e aventura (“A Praia de Falesá”), e fantasia (“O Demônio da Garrafa”, “A Ilha das Vozes”). Nenhuma dessas narrativas, porém, pode ser resumida a um gênero e enquadrada em apenas uma categoria. Alguns deles estão entre os mais brilhantes exemplares de ficção de horror do século XIX.

Como aponta o tradutor Paulo Raviere na introdução do volume:

“O Apanhador de Corpos” é inspirado no célebre caso de Burke e Hare, serial killers escoceses que matavam para fornecer cadáveres a um professor de anatomia. Em “Markheim”, conto de horror psicológico, Stevenson evoca alguns dos grandes assassinatos ingleses do século XIX para narrar o desespero de um homicida imediatamente após o seu ato. “Janet, a Entortada” é exploração linguística que, se em primeiro plano conta uma história de possessão demoníaca, mais a fundo sugere quão terrível pode ser uma multidão assustada e supersticiosa, mal que afligira a Europa durante a Inquisição, e atualmente apenas mudou de forma. “Olalla” é o soturno relato do enfermo que decide passar uma temporada na villa de uma nobre, porém decadente família espanhola.

A edição conta ainda com ensaio de Marcel Schwob sobre o autor, publicado originalmente em 1896. Stevenson foi um artista que, feito raro mesmo entre os autores clássicos, entrou para o imaginário da sua época e foi ao mesmo tempo um sucesso de público e da crítica especializada. Agora, o autor de um dos maiores clássicos do terror finalmente recebe o tratamento dark que merece.

A coleção Medo Clássico se consolida a cada mestre que entra em sua casa, fazendo uma homenagem aos grandes nomes da literatura que já causaram pesadelos inenarráveis aos leitores, década após década. As edições monstruosas trazem ilustradores brasileiros convidados e tradutores que respiram e conhecem profundamente as obras, além de imagens inéditas, rascunhos originais e textos de apoio. Mary Shelley, Bram Stoker, H.P. Lovecraft, Edgar Allan Poe e Robert Louis Stevenson estão em casa.

Tradutor: Paulo Raviere

Similares