FRETE GRÁTIS A PARTIR DE R$ 149

Poochytown + Brinde Exclusivo

Poochytown + Brinde Exclusivo

Por: R$ 54,90

Preço a vista: R$ 54,90

Comprar
> book preview
> book trailer
ANO DE PUBLICAÇÃO:
ISBN:
978-85-66636-69-7

“HAROLD SCHECHTER SOU EU NO ESPELHO”

ILANA CASOY, ESPECIALISTA EM SERIAL KILLERS NO BRASIL

Gênero
Não-Ficção
Páginas
400
Idioma
Português
Formato
14x21cm
Peso
280g
Acabamento
Capa Dura
Corte
Colorido

ENTRE NA MENTE DOS PSICOPATAS -

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein.

SOBRE O AUTOR +

PERGUNTE E VEJA OPINIÕES DE QUEM JÁ COMPROU

cadastre-se

entre para a família

FIQUE POR DENTRO E RECEBA NOVIDADES, PROMOÇÕES, KITS EXCLUSIVOS EM PRIMEIRA MÃO.

Filtros

Filtrar PorLançamentos, Ficção

Especificações de Produto

SubtítuloEdição onírica e surreal com 3 marcadores exclusivos
Edição
Publicação2022
AutorJim Woodring
ISBN9786555982077
Frase de ImpactoA obra de Woodring é inquietante, estranha e intimamente familiar
Autor FraseAlan Moore
Título DescriçãoO universo onírico e surreal de um dos maiores quadrinistas de sua geração
Sobre o AutorJim Woodring nasceu em Los Angeles em 1952 e teve uma infância animada por uma variedade de peculiaridades mentais e psicológicas, incluindo paroniria (frequência de sonhos mórbidos e pesadelos), paranoia, transtornos auditivos, aparições, alucinações e outras espécies de mau funcionamento psicológico e neurológico, entre as cobras e tarântulas nas montanhas de San Gabriel. Ele acabou se tornando um homem curioso, parecido com um urso, que desfrutou de três carreiras emocionantes: coletor de lixo, operador de carrossel e quadrinista. Artista autodidata, seus primeiros trabalhos publicados documentaram o inferno desorientador de seus dias em um “diário ilustrado” chamado JIM, reunidos em The Book of Jim (1992). Ele é mais conhecido por sua série de quadrinhos sem palavras que retrata as loucuras de seu personagem Frank, um ser antropomorfo cujas aventuras variam entre a doçura e o horror. Uma década dessas histórias foi coletada em The Frank Book (2004). A história de Frank intitulada Weathercraft (2010) ganhou o prêmio The Stranger’s Genius e foi finalista do Los Angeles Times Book Prize e foi seguida por Congress of the Animals (2011), Fran (2013), e Poochytown (2018), sua primeira obra publicada no Brasil. Sua obra mais recente é One Beautiful Spring Day (2022). Ele mora na ilha de Vashon, no estado de Washington, EUA, com sua família. Saiba mais em jimwoodring.com.

Detalhes do Produto

GêneroFicção
Páginas112
IdiomaPortuguês
Formato16 x 23
Peso500
AcabamentoCapa Dura
CorteSem Pintura

Review 1

Review Descrição 1“Frank vai reordenar e reprogramar sua consciência, e te levar para outro mundo.”
Review Autor 1Neil Gaiman

Review 2

Review Descrição 2“Frank é uma criação tão estranha que eu mal sei como descrevê-lo. Sem palavras, atemporal e sem um lugar definido, repleto de personagens e experiências originais, ele existe em suas peculiares e bizarras condições. As histórias de Frank pertencem ao universo fantástico dos mitos antigos e dos contos populares. Assim como as alegorias heroicas que perduram até hoje, as desconcertantes aventuras de Frank em geral parecem tortuosas e dissimuladas; e ainda assim sentimos um senso sutil de determinação. O trabalho de Woodring ilumina esse mundo escondido e nos convida a examiná-lo minuciosamente.”
Review Autor 2Francis Ford Coppola

Review 3

Review Descrição 3“Ao longo das últimas décadas, Jim Woodring tem desenhado uma série de fábulas sem palavras e alegremente cruéis, ambientadas em um mundo de entidades grotescas e minaretes psicodélicos, que reúne pesadelos inabaláveis e a animação Chuck Jones filtrado pelo Bhagavad Gita.”
Review Autor 3The New York Times Book Review

Review 4

Review Descrição 4“Jim Woodring talvez seja o quadrinista mais importante de sua geração. As histórias de Frank são obras-primas, para ler e reler. Cada célula de seu corpo vai se recordar desse trabalho visionário e fascinante”
Review Autor 4Scott McCloud
Review Ocupação Autor 4autor de Desvendando os Quadrinhos

Review 5

Review Descrição 5“Woodring [tem] dons extraordinários como desenhista, contador de histórias e criador de personagens hilariantes e situações alucinatórias, [...] em um mundo povoado por todos os tipos de monstros, demônios e objetos e arquitetura bizarros. Suas sequências em preto e branco são desenhadas em um estilo que deve algo às antigas xilogravuras europeias, Walt Disney, Looney Tunes e R. Crumb e outros artistas undergrounds de quadrinhos psicodélicos que surgiram na década de 1960.”
Review Autor 5Ken Johnson
Review Ocupação Autor 5The New York Times
As fábulas hipnóticas de Jim Woodring têm deslumbrado leitores em todo o mundo desde os anos 1980. Frank, um dos seus personagens mais recorrentes, é um animal antropomorfo indefinido, dentuço, ingênuo, mas não inocente. Entre suas inspirações, estão as primeiras animações que surgiram nas décadas de 1920 e 1930 nos Estados Unidos, sobretudo o trabalho dos irmãos Fleischer, criadores de Bimbo, de 1931, parceiro de Betty Boop em suas aventuras. Como aponta o quadrinista, “ele foi uma das coisas que estabeleceram as bases de minha filosofia da vida”. Além de Bimbo, as influências para esse ser divertido e por vezes bizarro vão desde o movimento Dada e o Surrealismo a nomes como Salvador Dalí, passando pelas ilustrações biológicas de Ernst Haeckel, antigas xilogravuras europeias, Walt Disney, Looney Tunes, e dialogando com seus contemporâneos, como o ícone dos quadrinhos underground Robert Crumb. Suas histórias, geralmente sem texto, apresentam uma narrativa pouco comum, em uma atmosfera e ambientes recorrentes, inspirados na natureza e em cenários construídos pelo homem. Nos anos 1990, Woodring começou a compilar as histórias de Frank e sua turma, e desde então o universo onírico e surreal do personagem vem conquistando cada vez mais fãs e devotos, e inspirando inúmeros artistas, entre eles nomes como o diretor Francis Ford Coppola, os escritores Neil Gaiman e Alan Moore, e o criador de Os Simpsons, Matt Groening. Para Coppola, “Frank é uma criação tão estranha que eu mal sei como descrevê-lo. Sem palavras, atemporal e sem um lugar definido, repleto de personagens e experiências originais, ele existe em suas peculiares e bizarras condições. As histórias de Frank pertencem ao universo fantástico dos mitos antigos e dos contos populares. Assim como as alegorias heroicas que perduram até hoje, as desconcertantes aventuras de Frank em geral parecem tortuosas e dissimuladas; e ainda assim sentimos um senso sutil de determinação. O trabalho de Woodring ilumina esse mundo escondido e nos convida a examiná-lo minuciosamente”. É com muita alegria que a marca DarkSide® Graphic Novel orgulhosamente apresenta a primeira obra de Woodring no Brasil. Poochytown traz as aventuras de Frank e mergulha profundamente na realidade psicodélica e sempre distorcida do universo sem limites criado por Woodring, o Unifactor. Este visionário quadrinho sem palavras, repleto de imagens estranhas e maravilhosas, derivadas de sonhos e histórias de alucinações que o artista atravessou na infância, compõe um dos mais instigantes e deslumbrantes momentos da carreira do artista. No enredo, Frank se depara com um caixote e, dentro dele, aciona um estranho instrumento movido à manivela que lembra uma tuba. Esse objeto libera figuras gigantes e disformes. Este é o só começo da saga que atravessa a vida aparentemente tranquila de Frank. A jornada vai ganhando contornos surreais e por vezes de horror, conforme o protagonista e os amigos que encontra pelo caminho seguem em frente. Ambientes que variam entre o onírico e outros calcados em nossa realidade terrena são o cenário para as experiências aparentemente sem sentido, que vão se transmutando conforme a história avança. Um deleite visual como poucos conseguem alcançar com tamanha beleza, estranheza e uma exuberância de detalhes inspirados no inconsciente. Quem se depara com a simpática figura de Frank certamente não esquecerá dele tão cedo. Como define o pesquisador de quadrinhos Scott McCloud, “Jim Woodring talvez seja o quadrinista mais importante de sua geração. As histórias de Frank são obras-primas, para ler e reler. Cada célula de seu corpo vai se recordar desse trabalho visionário e fascinante”. Preparados para a viagem sem volta ao universo de Frank?