Legião

Por: R$ 54,90

Preço a vista: R$ 54,90

5% de Descontono boleto
Comprar
+ infos
> book preview
> book trailer
MARCA:
ANO DE PUBLICAÇÃO:
ISBN:
978-85-66636-69-7

“HAROLD SCHECHTER SOU EU NO ESPELHO”

ILANA CASOY, ESPECIALISTA EM SERIAL KILLERS NO BRASIL

Gênero
Não-Ficção
Páginas
400
Idioma
Português
Formato
14x21cm
Peso
280g
Acabamento
Capa Dura
Corte
Colorido

ENTRE NA MENTE DOS PSICOPATAS -

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein.

SOBRE O AUTOR +

O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein, o psicopata americano que inspirou os mais célebres maníacos do cinema, como Norman Bates (Psicose, de Alfred Hitchcok), Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica, de Tobe Hooper) e Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme). Como explicar a compulsão por matar e o prazer de causar dor, sem qualquer arrependimento? De onde vem tanta fúria? As respostas estão no livro da editora DarkSide® Books: SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL, dossiê definitivo sobre o universo sombrio dos psicopatas mais perversos da história. Escrito por Harold Schechter – que pesquisa o tema há mais de três décadas e já publicou, inclusive, a biografia de Ed Gein, Deviant (1998) -, o livro é referência fundamental a todos os que se interessam pelo universo da investigação e da criminologia. Pontuado por curiosidades macabras, dados científicos e fatos pouco conhecidos sobre a trajetória dos principais criminosos em série dos Estados Unidos, SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL abrange desde a criação do termo serial killer no início do Século XX (conforme exibido na série MINDHUNTER, da Netflix) até o fascínio exercido por matadores seriais na cultura pop (cinema, música e literatura). Com clareza, ritmo e muita informação, Harold Schechter traça perfis psicológicos impressionantes de criminosos que desafiaram a polícia, viraram notícia e continuam a nos assombrar nas telas da TV e do cinema. Além de Ed Gein, a galeria de personagens sinistros inclui o cannibal Jeffrey Dahmer, que chegou a matar e devorar uma pessoa por semana no verão de 1991; a ex-prostituta Aillen Wuornos (inspiração para o filme Monster), que, depois de confessar seis assassinatos, pediu para ser condenada à morte para interromper a matança; o assassino Zodíaco (cuja verdadeira identidade é desconhecida até hoje); Charles Manson, o lunático que comandou o assassinato da atriz Sharon Tate em um ritual macabro; e Green River Killer, principal assassino de prostitutas da história, só capturado pela polícia com a ajuda de outro serial killer. Em SERIAL KILLERS: ANATOMIA DO MAL você vai descobrir como eles matam e por que matam. Por prazer, dor, amor ou desespero. Por conta de famílias disfuncionais e infâncias perturbadoras. Em nome do demônio ou para o jantar… Histórias reais, assassinos reais, de uma maneira que você nunca viu, estudados com profundidade, rigor científico e conhecimento psicológico. Um livro fundamental para quem se apaixonou por MINDHUNTER, CSI, Dexter, Criminal Minds e para quem acompanha o canal Discovery Investigation e quer entender o que se passa na mente dos assassinos mais temidos e cruéis de todos os tempos. Sem dúvida, oriundos de um sociedade que precisa repensar urgentemente como cicatrizar essas feridas abertas.

PERGUNTE E VEJA OPINIÕES DE QUEM JÁ COMPROU

A linha editorial que ama a nona arte.

CADASTRE-SE.
ENTRE PARA A FAMÍLIA

FIQUE POR DENTRO E RECEBA NOVIDADES, PROMOÇÕES, KITS EXCLUSIVOS EM PRIMEIRA MÃO.

Especificações de Produto

SubtítuloFÃS DE O EXORCISTA: SOMOS UMA LEGIÃO
Edição
Publicação2017
AutorBLATTY, WILLIAN PETER
ISBN9788594540331
Frase de ImpactoDez vezes melhor que O Exorcista [...]Suspense arrebatador, e abordagem sombria e fascinante.
Autor FraseCLEVELAND PLAIN DEALER
Título DescriçãoFÃS DE O EXORCISTA: SOMOS UMA LEGIÃO
Sobre o AutorWilliam Peter Blatty escreveu sobre demônios, mas também fez o mundo rir com o Inspetor Closeau. É dele o roteiro de Um Tiro no Escuro (1964), o segundo e melhor filme da série A Pantera Cor-de-Rosa. Até então autor de comédias, Blatty lançaria seu livro mais famoso em 1971 — a obraprima de terror O Exorcista. Dois anos depois, adaptou o livro para o cinema, e ganhou o Oscar de melhor roteiro. Dirigiu dois filmes, entre eles O Exorcista III, baseado em Legião. William Peter Blatty deixou o plano material em janeiro de 2017, aos 89 anos. Católico fervoroso, acreditava na vida eterna, como escreveu em seu livro de memórias: “Para todos aqueles que perderam um ente querido para essa fraude chamada Morte”.

Detalhes do Produto

GêneroFicção
Páginas304
IdiomaPortuguês
Formato14x21
Peso430
AcabamentoCapa Dura
CorteColorido

Review 1

Review Descrição 1Blatty voltou para nos possuir novamente!
Review Autor 1NEW YORK DAILY NEWS

Review 2

Review Descrição 2Terror de palpitar o coração.
Leia Legião apenas em um dia ensolarado.
Review Autor 2COSMOPOLITAN

Review 3

Review Descrição 3Aterrorizante e hipnótico ao mesmo tempo.
Review Autor 3USA TODAY

Vídeo e BookPreview

Book Preview
William Peter Blatty está entre nós. O legado do autor do clássico O Exorcista finalmente ganha uma edição brasileira feita por quem tem a mesma adoração pelo terror que seus leitores mais fanáticos. É com muito respeito — até com certo medo — que a DarkSide® Books lança LEGIÃO.

Alerta de spoiler: LEGIÃO é a verdadeira continuação de O Exorcista. Personagens e acontecimentos importantes do primeiro livro encarnam novamente nas páginas deste romance que Blatty publicou em 1983 e que finalmente sai no Brasil com seu título original. Alguns segredos da história de 1971 são revelados aqui, então é aconselhável ler O Exorcista antes de encarar LEGIÃO.

JUNTE-SE À LEGIÃO:

A história começa dez anos depois do exorcismo de Regan MacNeil, a jovem menina endiabrada que Linda Blair incorporou no cinema. Só que agora o sobrenatural ganha também uma pegada de romance policial.

O detetive (e cinéfilo nas horas vagas) William F. Kinderman volta à cena, investigando uma série de assassinatos brutais — entre eles, a crucificação de um garoto de apenas doze anos. O modus operandi dos crimes parece indicar a assinatura mórbida do assassino em série Geminiano. Mas como solucionar um caso em que o principal suspeito está morto há mais de uma década?

Para criar o personagem Geminiano, Blatty se inspirou no Zodíaco, lendário serial killer que aterrorizou a Califórnia entre os anos 1960 e 1970, e que até hoje não foi identificado pela polícia. Zodíaco, pelo visto, era fã da obra do autor. Em 1974, o assassino enviou uma carta ao San Francisco Chronicle elogiando o filme O Exorcista como “a melhor comédia satírica a que já assisti”.

Uma curiosidade: aproveitando o sucesso de crítica e bilheteria do primeiro filme, O Exorcista II — O Herege chegaria aos cinemas em 1977. No entanto, este filme não teve nenhuma participação criativa do autor. Por isso mesmo, o livro LEGIÃO é considerado como a verdadeira sequência da obra-prima de Blatty.

Como sempre, a edição em capa dura da DarkSide® Books segue aquele padrão quase demoníaco de qualidade. É como dizem: o diabo mora nos detalhes. Mas cuidado ao expor LEGIÃO em sua estante! Um livro assim é capaz de intimidar os mais corajosos, antes mesmo de se virar a primeira página. Só não se assuste se perceber o livro olhando em sua direção; afinal, você deve estar imaginando coisas.

Para tornar sua experiência ainda mais assustadora — caso isso seja possível —, uma boa dica é emendar a leitura de LEGIÃO com outro título da Caveirinha: Exorcismo, de Thomas B. Allen, livro que detalha o caso real de possessão demoníaca que inspirou a criação de O Exorcista.

PEGUE ÁGUA BENTA, UM CRUCIFIXO, FAÇA O SINAL DA CRUZ E VÁ LER.

LEGIÃO ESPERA POR VOCÊ.

Tradutor: Eduardo Alves

Similares